Rede Global da Diáspora – uma alavanca para as exportações

Rede Global da Diáspora – uma alavanca para as exportações

“Regredimos uma década em dois trimestres. Passámos dos 44-45% do Produto Interno Bruto (PIB), com a ambição de chegar aos 50%, e estamos nos 30%”, disse o Presidente da Fundação AEP á agência Lusa.

O presidente da AEP referiu que “as exportações estavam numa base muito pequena de empresas”, a qual a diáspora pode e deve aumentar.
“Temos a felicidade de ter cada vez mais portugueses com cargos de maior relevância lá fora. Integramo-nos muito bem nas comunidades onde estamos e podemos e devemos potenciar isso para Portugal poder voltar a corrigir e a reconquistar esse indicador que era o equilíbrio da balança comercial positiva”, adiantou.

Aceda à notícia no Jornal Económico.